Livro da Cepe é escolhido para integrar Clube de Leitura da ONU

Criado: Quarta, 16 Junho 2021 11:05

Livro da Cepe é escolhido para integrar Clube de Leitura da ONU

A Cepe acaba de ter um de seus títulos selecionado para o Clube de Leitura dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em Língua Portuguesa, um programa idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de promover os ODS entre crianças e jovens de 6 a 12 anos através da leitura para, em um futuro próximo, erradicar a pobreza e promover o desenvolvimento sustentável. O livro infantojuvenil Uma festa na floresta (2018), de Lêda Sellaro, está entre as 175 obras brasileiras escolhidas entre mais de mil inscrições, do Brasil e de Portugal, realizadas entre novembro e dezembro do ano passado. Fizeram parte da seleção obras de língua portuguesa publicadas entre 2016 e 2020. O projeto integra o Brasil no movimento global SDG Book Club, idealizado pela ONU em parceria com a Associação Internacional de Editores (IPA).

É a primeira vez que um livro da Cepe integra essa lista, assim como outras obras de língua portuguesa. Isto porque até 2019, quando o Clube de Leitura dos ODS da ONU foi lançado, durante a Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, na Itália, só faziam parte títulos nas seis línguas oficiais da ONU: árabe, chinês, francês, russo e espanhol. As obras escolhidas serão publicadas no site da ONU ainda este mês.  

Das 17 categorias do clube, todas ligadas aos ODS, o título da Cepe figura em Vida Terrestre, e irá compor a Agenda 2030 da entidade internacional, um plano global para erradicar a pobreza e promover o desenvolvimento sustentável. A seleção do título foi realizada em 2020 por leitores da seção brasileira da International Board on Books for Young People (IBBY) da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), Câmara Brasileira do Livro (CBL), e Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (FEBAB). 

“Ficamos muito felizes com a inclusão de Uma festa na floresta nesse clube do livro organizado pelas Nações Unidas, parte de um projeto ambicioso que pega 17 tópicos e prevê metas para um desenvolvimento sustentável, diminuição de injustiças sociais em seus vários pontos até 2030. É assunto fundamental porque é um projeto também que prevê a leitura e formação de leitores mais críticos e mais conscientes dos problemas do mundo como algo fundamental para superarmos os desafios que o mundo enfrenta, tanto em questões relacionadas ao meio ambiente, como também em questões relacionadas a políticas públicas, a quebra de preconceito com injustiças históricas com desigualdades”, declara o editor da Cepe, Diogo Guedes. Ainda segundo ele, Uma festa na floresta é uma obra encantadora que ajuda a ter essa consciência de que o ser humano faz parte de um sistema muito complexo com diferentes habitantes, e que ele só tem a ganhar ao entender, se integrar e respeitar esses coabitantes”, complementa o editor.

A autora, Lêda Sellaro, também ficou igualmente feliz e honrada com a seleção para um clube de leitura “voltado para a sustentabilidade, cujos objetivos contemplam muitos aspectos da vida nas florestas”, declara Lêda, que aproveita para falar um pouco da obra. “Minha narrativa poética em cordel envolve lendas do folclore brasileiro, cujos seres encantados se apresentam num festival de músicas promovido pelo Saci, empenhado em manter o convívio, nem sempre fácil, entre eles. As composições concorrentes permitem conhecer um pouco de cada participante, como no caso do Curupira: 

Depois veio o Curupira/que cantou bem entoado:/Eu defendo a natureza/ e

tento ser educado/ mas, com aqueles que a maltratam/ consigo ser bem

malvado. /Com seu cabelo vermelho/ e os pés virados pra trás/ o pequeno

Curupira/Disse do que era capaz/ pra defender a floresta/mostrando-se muito

audaz”.

Outras categorias que fazem parte do clube são Igualdade de gênero, Redução das desigualdades, Erradicação da pobreza, Fome zero e agricultura sustentável, Saúde e bem estar, Educação de qualidade, Água potável e saneamento, Energia limpa e acessível, Trabalho decente e crescimento econômico, Indústria, inovação e infraestrutura, Cidades e comunidades sustentáveis, Consumo e produção sustentáveis, Ação contra a mudança global do clima, Vida na água, Paz, justiça e instituições eficazes.

SOBRE A AUTORA

Mestre em Educação e Doutora em História pela UFPE, Lêda Sellaro recebeu o Prêmio Amaro Quintas (2009 e 2011), da Academia Pernambucana de Letras, com livros sobre educação. É membro da União Brasileira de Escritores (UBE), e da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ). Já publicou vários livros infantis, como Confabulando em cordel (2014), também pela Cepe Editora.